Compromisso do dia: um piquenique no MAM (do Rio) para aprender sobre Balanço Energético

MAM 5

Quando a quantidade de energia (calorias) ingerida através dos alimentos é maior do que aquela que o organismo gasta com seu metabolismo somado às atividades físicas diárias, temos um balanço energético positivo e a pessoa acumula gordura corpórea. Caso isso ocorra por um período longo de tempo, instala-se a obesidade. E isso é a falta do balanco energético.

Como chegar ao balanço energético? Como ter uma vida equilibrada entre saúde, carreira e alimentação? Essas e outras perguntas serão respondidas no evento desta sexta-feira (19 de setembro) para a rede Viva Positivamente, no Rio de Janeiro. O Encontro será no MAM Rio, em formato de um agradável piquenique a céu aberto.

Em mais um dos ótimos encontros de saúde e qualidade de vida que promovemos, os blogueiros que fazem parte da rede Viva 2.0 conversarão com dois especialistas na área de apditão física e saúde. O Dr. Victor Matsuo e a Dra. Claudia Cravo trarão respostas e dicas sobre como adicionar mais exercícios na sua rotina cotidiana, deixando de lado o sedentarismo.

“Não precisa ser um atleta ou ter um corpo de modelo para deixar de ser ocioso. Para se ter uma ideia, o risco de morte de um gordo que se exercita é menor do que o de um magro sedentário. Nunca é tarde para começar, nem que sejam 10 minutos de caminhada ou subir as escadas caminhando ao invés de usar o elevador ou escada rolante. Só depende de nós”, afirma Dr. Matsuo.

O que é o balanço energético?

A quantidade de calorias ingeridas e a de calorias gastas deve ser equilibrada para garantir uma vida mais saudável. Além disso é importante manter uma dieta balanceada e praticar exercícios regularmente.

O estado nutricional, no plano físico e biológico resulta do equilíbrio entre consumo alimentar e gasto energético do organismo. Esse gasto refere-se à utilização dos alimentos pelo organismo para suprir as suas necessidades nutricionais e está relacionado ao estado de saúde e à capacidade de utilização dos nutrientes fornecidos pela alimentação.

As necessidades nutricionais de energia variam em função da idade, do sexo, do estado de saúde e do estado fisiológico, nível de atividade física dos indivíduos e número de horas de trabalho.

Para um adequado estado nutricional, no que se refere à energia, o consumo alimentar deve estar em perfeito equilíbrio com o gasto da energia do organismo, usada para manter as funções vitais e nas atividades físicas diárias.

As pessoas em equilíbrio energético não ganham nem perdem peso; é o que se denomina “balanço energético”.

10698653_287360498137756_6608614128121323674_n

−O balanço energético é o equilíbrio obtido a partir do total de energia ingerida e o total de energia gasta pelo organismo em suas atividades diárias.

−Caloria (kcal) é a unidade de medida da energia gasta pelo corpo humano em suas atividades metabólicas e físicas e do teor de energia encontrado nos alimentos (proteínas e carboidratos = 4 kcal/g; gorduras = 9kcal/g).

−Vitaminas, sais minerais e água não fornecem energia.

Se a alimentação fornece mais energia do que é requerido pelo organismo, a energia excedente é acumulada na forma de gordura corporal.

Isso significa que, se a pessoa não ingerir menos alimentos ou não aumentar a atividade física, irá ganhar peso, principalmente pelo acúmulo de gordura, o que poderá levar ao sobrepeso ou à obesidade, ao longo do tempo.

Os homens brasileiros, em média, alcançam balanço energético com cerca de 2.400 calorias por dia; as mulheres, com cerca de 1.800 ou 2.200 calorias por dia. A média de 2.000 calorias atende também às necessidades de energia das pessoas mais jovens.

Por exemplo, segundo o livro “Emagrecer também é Marketing”, Dr. José Rui Bianchi, as mulheres pequenas e inativas (eu?), para manter o balanço energético, devem consumir um volume de alimentos menor por porções recomendadas para cada grupo de alimentos, principalmente relacionando os alimentos mais calóricos como os doces e as gorduras, se comparadas aos homens de mesma idade e nível de atividade física.

10612665_289116657962140_1563473010233623086_n

Ficou cheio de perguntas para os especialistas?

Então vem pro nosso hangout on air! Logo depois do evento presencial os palestrantes, o ortopedista Dr. Victor Matsuo e a nutricionista Dra. Claudia Cravo, responderão às dúvidas dos internautas sobre como melhorar a rotina cotidiana, deixando de lado o sedentarismo.

Participe com suas questões! Deixe-as na página do evento no Google+ ou diretamente no youtube, onde transmitiremos o papo ao vivo a partir das 15h desta sexta-feira, 19/09/2014. 

Victor Matsudo é médico e ortopedista pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e Livre-docente em Medicina pela Gama Filho e especialista em Medicina Esportiva pela USP. Atualmente é diretor científico do Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul, Vice-Presidente do ICSSPE – International Council of Sport Science and Physical Education, coordenador geral – Agita Mundo Network, membro da comissão de nutrição esportiva do Comitê Olímpico Internacional, membro do International Council for Physical Activity and Fitness Research, coordenador geral do Programa Agita São Paulo e diretor geral da Rede de Atividade Física das Américas.

Claudia Cravo é formada em em Nutrição pela UFRJ com perfeiçoamento em Nutrição Clínica e Cirúrgica pela UFRJ. Atua como nutricionista da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, realiza estudos em Obesidade pelo IEDE (Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia –RJ), faz atendimento Clínico Nutricional no Centro de Medicina do Esporte e no grupo de Cirurgia de Obesidade – GCO em pacientes com Obesidade e Transtornos Alimentares. Também é mestranda do Programa de Pós-Graduação em Clínica Médica da UFRJ e é consultora para Programa de Qualidade do Centro de Oncologia do Hospital Sírio-Libanês.

 

Viva Positivamente é a plataforma de desenvolvimento sustentável da Coca-Cola, que convida a compartilhar sua visão positiva da vida em uma convergência de esforços na qual cada um deve dar sua colaboração para se ter uma sociedade verdadeiramente sustentável. A Otagai Mídias Sociais faz a gestão de relacionamento e curadoria de conteúdo 2.0 dessa rede, fomentando os conteúdos encontros da Coca-Cola com os formadores de opinião em redes sociais. Veja mais em otagai.com.br.

(O texto deste post teve a colaboração de Anderson Costa, do Movebla)

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook