Jazz ou forró intimista?

Uma das melhores coisas de morar em São Paulo é a vida cultural. É fato que eu não aproveito tudo – ou quase nada – para não deixar os meninos sempre com a babá, mas fico contente por estar aqui, envolta em cultura. Soube há pouco de um show de jazz que me encantou: Badi Assad, que você pode conhecer ouvindo uma música aqui ou vendo um clipe ali, está aqui nos dias 11 e 12/04, depois de passar o fim de 2007 e início de 2008 em turnê internacional tendo se apresentado nos EUA e Grécia. As apresentações, intimistas (o que geralmente quer dizer caras) serão no Tom Jazz, sempre às 22h. No formato Voz e Violão Badi Assad tocará canções, como: “Acredite ou Não”, “Vacilão”, “Estrangeiro em Mim” e “From United States of Piauí” (velho baião de protesto de Gonzaguinha). Eu não conhecia a cantora e gostei de ler a pequena biografia enviada pela assessoria:

badi-assad.jpgBatizada como Mariângela Assad Simão, nasceu em 1966, na cidade de São João da Boa Vista (SP), mudando em seguida para o Rio de Janeiro, onde ficou até os 12 anos. Seu pai Jorge, descendente de libaneses, decidiu mudar-se com a família para o Rio em 1969, para proporcionar aos irmãos de Badi, Sérgio e Odair, aulas de violão clássico com a Argentina Monina Távora, pupila do grande Andrés Segovia. Em meados dos anos 80, já como Duo Assad, seus irmãos ganharam reconhecimento e popularidade mundial. Badi queria seguir os passos do irmão, mas por ter aprendido piano primeiro, só pegou no violão aos 14 anos. Um ano depois, já dominava o instrumento e subia aos palcos participando e ganhando concursos nacionais e internacionais.
As suas experimentações vocais, produzindo sons de percussão com a boca, adicionada a sua reconhecida técnica e insaciável sede de inovar no violão atraiu um grupo crescente de fãs fiéis nos últimos 10 anos, entre críticos e colegas instrumentistas, mundo afora. “Acho que tenho algo a dizer às pessoas, não somente àquelas que gostam do meu violão”, conta Badi. “Gostaria de apresentar meu universo musical a todas as pessoas – para as que ouvem pop, jazz, clássico, rock ou música brasileira, não importa”, completa.

Serviço:

  • Badi Assad no Tom Jazz
  • Datas: 11 e 12/04, às (Horário)
  • Endereço: Av. Angélica, 2331 – Higienópolis – São Paulo/SP
  • Informações: 11 3255 0084 3255 3635
Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook