Protegendo a família durante os dias secos da estação

O tema não é novo, mas é sempre bom ter dicas para “sobreviver” ao clima seco!

Sulista, eu sempre relacionei o inverno com muita umidade e frio. Desde 2005 meu corpo tenta se ajustar a uma realidade totalmente diferente: a do ar seco e períodos malucos de calor.

São Paulo no inverno é assim: a umidade relativa do ar baixa tanto que a gente se acostuma ouvir notícias de que está mais seco do que no deserto!

Na semana passada chegamos num ponto que eu considero desesperador: eu sentia dor para respirar. Dá-lhe umidificador de ar, soro fisiológico, água para beber e creme para aliviar a pele!

Aproveitei e reuni algumas dicas que aprendi a usar para preservar a saúde da família no ar seco de São Paulo, com ênfase na higiene – não só da casa, mas também dos nossos narizes. O post Atitudes para respirar bem foi publicado na minha coluna semanal na Disney Babble, mas acho que vale trazer o tema para cá também!

Durante o inverno paulista, é comum que a frequência e a quantidade de chuvas diminuam drasticamente, reduzindo a umidade relativa do ar e, consequentemente, prejudicando a saúde de adultos e crianças, que sofrem mais com os sintomas das rinites e alergias respiratórias.

O índice ideal de umidade relativa do ar para a saúde humana é acima de 60%, de modo que os 13% registrados na capital paulista essa semana, por exemplo, sinalizam estado de alerta.

Para aliviar o desconforto dos sintomas, é necessário a hidratação das vias nasais. A receita passada de mãe para avó funciona: água e sal. Isso mesmo, sabem aquele efeito que um bom banho de mar nos dá? É desta mistura.

Na minha infância usávamos Rinosoro, hoje tem outras marcas, mas o efeito é o mesmo: um fluidificante, descongestionante e um umidificante nasal que alivia os sintomas respiratórios de resfriados, rinites e alergias.

Segundo os especialistas, a higienização nasal previne as crises alérgicas porque ajuda a descongestionar as vias aéreas superiores, fazendo com que o nariz fique limpo das impurezas que normalmente irritam a mucosa. Estudos mostram ainda que a prática da higienização nasal diária com solução de cloreto de sódio reduz os sintomas de rinite alérgica e pode prevenir infecções respiratórias.

“É muito importante manter a lavagem nasal diária com solução de cloreto de sódio, mais conhecido como soro fisiológico. Esse é um hábito que precisa ser incorporado ao dia a dia da população como forma de prevenir e minimizar a incidência de problemas respiratórios”
Gustavo Wandalsen, médico pediatra professor adjunto da disciplina Alergia, Imunologia Clínica e Reumatologia do Departamento de Pediatria da Escola Paulista de Medicina (UNIFESP)

Para incluir na rotina: a higienização diária fluidifica as secreções, ajudando em sua eliminação e, consequentemente, mantendo a mucosa nasal livre de impurezas.

E, quando o ar parece ficar irrespirável, usar umidificador no ambiente e fazer inalação só com soro socorre o aparelho respiratório!

Além disso, outras práticas podem ajudar muito a preservar a saúde:

• Evitar permanecer muito tempo em ambientes muito refrigerados.

• Criar o hábito da higiene nasal com lavagens diárias com soro fisiológico.

• Não usar descongestionantes nasais sem indicação médica.

• Se houver secreções, evite fungar. Prefira assoar o nariz sem muita força, usando lenço descartável.

• Manter o ambiente de dormir bem arejado.

• Pessoas alérgicas devem evitar roupas de lã, carpetes, bichinhos de pelúcia, cortinas de pano e colchas felpudas.

• Na faxina de casa, evitar usar espanador. Prefira um pano úmido.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.