destaque / relacionamentos


As coisas que mais importam nunca devem ficar à mercê das coisas que importam menos.

O conceito vale (muito) para as pessoas: quem importa na sua vida? Você tem priorizado seu tempo, sua gentileza, sua disposição e disponibilidade para essas pessoas? Ou tem sido levado “como um graveto numa enchente”, jogado de um lado para o outro, sem saber nem por quê?

Pense nisso!

🙂


Estatísticas