destaque / entretenimento


Nos próximos dias, praças, centros comerciais e estações do Metrô e da CPTM se transformarão em palcos das mais expressivas artes da cultura popular, como forró, catira, cantigas de São João, Festa do Boi, orquestras de viola, Roda de Coco e quadrilhas.

Em cada ponto, um artista dará inicio às apresentações tocando cantigas de São João para criar a atmosfera da festa. E durante a programação do Arte na Rua, um correio elegante ainda vai circular pelo público, estimulando as pessoas a trocarem as famosas mensagens da brincadeira.

Quer mais? A temporada 2016 se encerra com uma grande festa no sábado, dia 18 de junho, a partir das 12h30, quando todos os grupos participantes da iniciativa se encontrarão no vão livre do Masp, na Avenida Paulista, para celebrarem juntos com o público o ciclo de São João.

O ‘Arte na Rua’ é uma iniciativa da Globo que valoriza o espaço público como o maior e mais democrático de todos os palcos. A edição de festas juninas conta com o apoio do Metrô, da CPTM e das Prefeituras de São Paulo, Guarulhos e Diadema.

Confira a programação completa, sujeita a alterações:

Dia 13/06

Estação Barra Funda (CPTM)

11h10: Coco de Roda – Balé Folclórico Abaçaí

11h50: Trio de Forró – Trio Pernambuco

12h30: Quadrilha de Melão

 

Estação Sé (Metrô)

17h30: Coco de Roda – Balé Folclórico Abaçaí

18h10: Trio de Forró – Trio Pernambuco

18h50: Quadrilha de Melão

 

Dia 14/06

Estação Pinheiros (CPTM)

11h30: Coco de Roda – Balé Folclórico Abaçaí

12h10: Trio de Forró – Trio Pernambuco

12h50: Festa do Boi – Balé Folclórico Abaçaí

 

Estação Franco da Rocha (CPTM)

17h30: Coco de Roda – Balé Folclórico Abaçaí

18h10: Trio de Forró – Trio Pernambuco

18h50: Festa do Boi – Balé Folclórico Abaçaí

 

Dia 15/06

Estação Itaquera (CPTM)

10h10: Quadrilha de Melão

10h50: Violeiros Raízes da Viola

11h30: Coco de Roda – Balé Folclórico Abaçaí

 

Calçadão D. Pedro II – Guarulhos

16h: Quadrilha de Melão

16h40: Violeiros Raízes da Viola

17h20: Coco de Roda – Balé Folclórico Abaçaí

 

Dia 16/06

Praça Castelo Branco – Diadema

11h30: Festa do Boi – Balé Folclórico Abaçaí

12h10: Trio de Forró – Trio Pernambuco

12h50: Quadrilha de Melão

 

Estação Osasco (CPTM)

17h: Festa do Boi – Balé Folclórico Abaçaí

17h40: Trio de Forró – Trio Pernambuco

18h20: Quadrilha de Melão
Dia 17/06

Praça da República

12h: Catira Bota de Ouro

12h40: Festa do Boi – Balé Folclórico Abaçaí

13h20: Orquestra Caipira de Registro – SP

 

Estação Tatuapé (Metrô)

17h: Catira Bota de Ouro

17h40: Festa do Boi – Balé Folclórico Abaçaí

18h20: Orquestra Caipira de Registro – SP

 

Dia 18/06

Av. Paulista (vão do Masp)

12h30: Arraiá Arte na Rua

 

Grupos participantes:

Bonecões Gigantes de Caçapava

Criados com materiais sustentáveis como papel e bambu, os personagens que formam a quadrilha são inspirados em pessoas lendárias do Vale do Paraíba. A apresentação celebra o casamento de Bastião Bomba e Terezona. O padre Raimundão e a mãe da noiva, Filó, colocam todo mundo para dançar. São 20 bonecos em cena e um grupo ao vivo tocando as canções tradicionais de São João.

Busquei referências desses bonecos e achei o vídeo abaixo:

Quadrilha de Melão

Ao som da sanfona, triângulo, violão e zabumba, a quadrilha vai convidar o público a ser brincante nesta dança. A Quadrilha de Melão, de São Paulo, composta por 16 artistas, apresentará as danças de pares característica do sudeste.

Festa do Boi Bumbá


Muito forte nas regiões norte e nordeste do país, a Festa do Boi ou Bumba Meu Boi estará presente no Arte da Rua com toda sua força mitológica e com suas vivas cores. O Balé Folclórico de São Paulo – Abaçaí representa esta identidade brasileira, uma dança do folclore popular que integra humanos e animais fantásticos, e gira em torno de uma lenda sobre a morte e a ressurreição de um boi.

 

Orquestra Caipira de Registro e Violeiros Raízes da Viola de Guarulhos

Existem violeiros em todos os cantos de São Paulo. Canções, composições e ponteios da tradição caipira serão executados por uma reunião de violeiros que por meio de suas modas de viola, trarão grandes canções de Tonico e Tinoco, Inezita Barroso, entre outros.

Da cidade de Registro, do Vale do Ribeira, e de Guarulhos, violeiros tradicionais vão apresentar canções e modas de viola paulista.

 

Coco de roda


Representado pelo Balé Folclórico Abaçaí, o Coco de roda, ritmo típico do Nordeste conhecido por sua influência africana e indígena, é uma dança de roda acompanhada de cantoria e palmeado. O público certamente será chamado a formar uma grande ciranda e vivenciar, por meio da dança, esta manifestação de muita musicalidade e corporalidade brasileira.

Trio de Forró

http://youtu.be/5Ni6-J7PodI

O Trio Pernambuco, um trio tradicional de forró (sanfona, triângulo e bumbo) animará as intervenções do ‘Arte Na Rua’ tocando xote, forró, arrasta pé e baião, representando a riqueza dos grandes arraiais de Pernambuco, Paraíba, Bahia e Ceará.

 

Catira


Catira e cateretê são denominações de nossas danças de sapateado derivadas do antigo fandango português. Ponteiam todo o Estado, incluindo a Grande São Paulo. Pertencente ao núcleo das danças de palmeados e sapateados, acompanhados, sempre, por duplas de violeiros que alternam as modas com a atuação dos catireiros. Antes essencialmente uma tradição masculina, muitos grupos já admitem a participação de mulheres na dança. No ‘Arte na Rua’, os catireiros do grupo Catira Botas de Ouro, de Guarulhos, farão parte da programação mostrando o sapateado e palmeado junto à viola caipira.

The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas