cultura web

Instalei alguns aplicativos novos no meu celular. Vários serviços do Google funcionam bem no celular, basta instalar o Google no celular. Eu uso tanto minha conta do e-mail corporativo quanto a do pessoal no gmail, o que fez este aplicativo ser um dos primeiros que eu busquei para instalar no novo celular. No antigo, que funcionava com sistema operacional Windows Mobile, eu tinha um bom Outlook instalado. Neste resolvi testar novas alternativas.

Sim, porque é possível acessar sua conta também através do navegador, claro – estão baseadas na rapidez e simplicidade da interface. Busca constante que temos de otimizar o tempo e ao mesmo tempo estar sempre por dentro de tudo. (é a insanidade da vida atual, eu sei, nem tenho “cara” para discutir este tema)

Mas as vantagens do Gmail instalado no celular são boas: ler e responder e-mails com rapidez (com aquela cansativa – mas real – idéia de “anytime, anywhere”) e a facilidade de checar seu e-mail com apenas um ou dois cliques. Testei e é pura verdade, as mensagens se abrem quase instantaneamente. Mas o legal é  que dá para visualizar anexos, abrir arquivos das mensagens, incluindo fotos, documentos do Microsoft Word e arquivos PDF.

(Nem que seja ver e salvar no celular fotos do seu sobrinho, como às vezes é meu caso, é de uma utilidade imensa.)

 

E na instalação você tem acesso aos outros serviços como pesquisa, notícias, maps e até Orkut.

Notei que estou começando a transferir meu desprezo pelo uso do telefone para os Instant Messengers e por isso o aplicativo Fring, que meu marido adora usar no celular (facilitou muito seus contatos profissionais via skype, porque faz ligações gratuitas, usando a conexão 3G ou wi-fi), já não me atendia. O Rodrigo Toledo indicava o Gravity, mas gostei tanto do primeiro que instalei que, por enquanto, fico com ele mesmo. 😉

[update] Descobri, porque o Tweet60 travou, tive que resintalar e precisei pedir ajuda aos desenvolvedores via Twitter (via né, funciona muito bem como SAC para quem é consumidor 2.0), que é melhor instalar o programa no cartão de memória, não na memória do telefone. E me contaram que o Gravity é ótimo, mas pago! E me indicaram também o Twibble, que é realmente uma graça, porque é customizável e tem uma vantagem: aceita até três textos pré-definidos, o que ajuda quem usa muito hashtags e quer continuar usando quando tuita do celular! E tem versão desktop. [/update]

#ficaadica

[update]

Por falar em celular: instalei hoje no meu blog um plugin que converte sua aparência quando acessado do mobile, facilitando muito a vida de leitores que muito me honram ao arrumar um tempo nas suas agendas lotadas para ler meu blog, como o Carlos Andrade (aka @charlesbigfoot). O plugin chama Mobile Press e pode ser baixado aqui. Indico para todos que têm blog em wordpress que instalem, é fácil e facilita muito a vida dos leitores. 🙂

[/update]

Posts relacionados

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas