Ano do tigre promete ser agitado

A gente tem noção de que o tempo passa quando os colegas e amigos passam a ser referências em suas áreas. Quem ainda é jovem não vai me entender bem, mas os que estão no meio dos trinta já sentiram isso. No início a gente até fica contente pelos amigos, honrado e até orgulhoso da geração a que fazemos parte, mas depois começamos a notar que é meio frequente demais… hehehe.

Brincadeiras à parte, eu pensei nisso porque estava vendo na Gazeta do Povo, jornal de Curitiba, uma previsão sobre o Ano do Tigre. E quem “previa” era uma colega jornalista, que conheci da Associação Brasileira de Dekasseguis, a Maria Helena Uyeda.

Foto: Diego Apolinário/VC no G1Segundo a jornalista, uma das autoras do Almanaque Garça da Sorte, no ano do tigre de metal é preciso ter cautela e cultivar o instinto de sobrevivência. “Vão se dar bem aquelas pessoas que conseguirem ser flexíveis ao imprevisto, porque 2010 será cheio de altos e baixos. O ano do boi (2009) foi pesado e vagaroso, com muito trabalho e poucas conquistas. O ano do tigre será marcado por grandes acontecimentos. Ele é um animal que gosta disso”. No horóscopo oriental, tanto japonês como chinês, o ano do tigre geralmente é de grandiosidade e impulsividade, por isso coisas boas e más são levadas ao extremo. Isso significa que, assim como é possível ga nhar muito dinheiro, também é possível perder bastante, se a pessoa não se precaver.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook