destaque / entretenimento


Desde 1º/02 está disponível o documentário Amy, sobre a vida da cantora britânica, Amy Whinehouse na Netflix.
Nele através de vídeos caseiros cedidos por amigos de infância da cantora e entrevistas vemos a trajetória de Amy já mostrando seu talento genial aos 14 anos, seus relacionamentos, inclusive o mais polêmico com Blake Fielder-Civil, a luta contra o vício em drogas, seu massacrante contato com a imprensa, até sua morte em 2011, aos 27 anos, por intoxicação alcoólica. Conforme o documentário vai avançando é quase impossível não se apaixonar mais por Amy e torcer muito para que a história tenha um final diferente do que todos conhecemos.


O documentário faz um grande serviço a memória dessa incrível mulher que só queria ser uma cantora de jazz e nunca buscou a fama, conhecemos um pouco da sua inteligência, talento ímpar e alegria de viver. Como é mostrado, tudo o que ela queria era ser amada, por seu pai, por seu marido e por seus amigos, creio que após o final é quase impossível não se arrepender por termos deixado uma estrela desse quilate ter ido embora tão cedo.

Abaixo o trailer do documentário, e um clip que é minha homenagem a ela, nele vemos uma Amy linda, sensual, saudável e durante o documentário ela aparece várias vezes com este vestido, imaginei o quanto ela achava que ficava maravilhosa com ele (com razão).

Amy é um dos indicados ao Oscar 2016 de Melhor Documentário.

Serviço: Amy

Tempo: 167 minutos

Diretor: Asif Kapadia

Censura: 14 anos

Amy – Documentário 2015

Amy Whinehouse – In my bed

The following two tabs change content below.

Christina Santos

Christina Santos, química, com especialidade em pesquisa e desenvolvimento de cosméticos, adora gatos e pipoca e tem grande interesse em meio ambiente, e sustentabilidade corporativa.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas