educação

Cliques da ação em São Gonçalo, RJ. Lucio Mauro Filho, ator e pai de dois filhos, conversou com pais, professores e demais moradores da comunidade. O humorista também além da participou das atividades que aconteceram na escola. (Crédito da Foto: TV Globo/Kiko Cabral)

Sou fã deste projeto – é aquele mesmo que tinha Toni Ramos como garoto propaganda, lembram? – e fiquei feliz ao saber que a primeira mobilização nacional do Amigos da Escola em 2010 será neste sábado. Segundo li, neste dia os pais poderão participar mais da educação dos filhos, vendo de perto os projetos dos alunos, conhecendo os mecanismos de gestão e o dia a dia das instituições. O legal é que esta aproximação acontece simultaneamente em 21 estados brasileiros – conta-se reunir 30 mil estudantes, profissionais pais e voluntários – e as escolas terão a chance de exercer seu papel social ao oferecer serviços gratuitos à comunidade.

No Japão, onde morei antes de ser mãe, eu me deliciava ao passar nos espaços coletivos das escolas – especialmente áreas de esportes e lazer – e ver como eram “ocupados” pela comunidade, que se revezava para criar um ambiente positivo para o convívio das famílias, tanto quanto um lugar seguro para os estudantes se divertirem, brincarem e compartilharem momentos felizes. Como gostaria que fosse assim aqui em meu país!

Não sou a única a pensar assim. Li um depoimento de um dos diretores de escola envolvida no projeto que reiterava um dos objetivos do Amigos da Escola: fortalecer a educação com atividades complementares.

“Participamos do projeto há três anos e tem sido uma experiência ótima. Tudo que os alunos precisam é dessa oportunidade de abrir horizontes, conhecer assuntos e poder debatê-los. Fazemos trilhas e oficinas ecológicas, organizamos palestras sobre educação e meio ambiente. As atividades extracurriculares enobrecem”.

O tema do projeto deste ano é “Minha escola, minha comunidade” e envolverá outros dias temáticos, mobilizações que envolverão alunos, pais, professores e voluntários, nos dias 16 de abril, 28 de maio, 13 de agosto e 5 de novembro.

P.S. O Amigos da Escola é o projeto da Rede Globo para o fortalecimento da educação e da escola pública de educação básica por meio do envolvimento de todos – profissionais da educação, alunos, familiares e comunidade – neste esforço. Estimula a participação de voluntários e entidades no desenvolvimento de ações educacionais – complementares, nunca em substituição às atividades curriculares ou à educação formal – e de cidadania em benefício dos alunos, da própria escola, dos profissionais e da comunidade. É implementado em parceria com o Instituto Faça Parte, o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), o Consed (Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação) e a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação).

Você pode gostar também de ler:
Como envolver os estudantes nas decisões da escola e promover uma cultura de participação?  Nesta
Salvem este nome: Celina Turchi. Ela ganhou o prêmio Prêmio Péter Murányi pelo levantamento inédito

[caption id="attachment_61406" align="aligncenter" width="500"] (Foto: @zhenhappy)

Imaginem que uma pesquisa investigou como valores culturais são transmitidos nas
(Foto: Štefan Štefančík @cikstefan no unsplash) Nesta semana, a Fuvest divulgou o
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas