“Amar é mudar a alma da casa”

“Amar é mudar a alma da casa”
Mário Quintana

[Casa Cor 2009] Sala por Antonio Ferreira Junior e Mario Celso Bernardes

Você percebe que sua casa fica diferente com a mudança do seu humor? Eu tenho a impressão de que cuido mais dela quando estou bem, mas noto também que quando tenho alguma coisa para resolver ou uma decisão importante para tomar, começo este processo com a terapia interior de deixar meu lar mais arrumado e gostoso para mim e todos os outros com quem convivo.

Desde que o ano começou estou mexendo em pequenos detalhes da sala, que aqui não é “de estar”, mas “de convívio”. Foi pensando nisso que escrevi meu texto que está por estes dias no blog de Móveis Bartira: Sala como espaço para compartilhar interesses da família.

“Aqui a gente curte a cozinha, como eu contei para vocês. Mas quando não estamos inventando coisas para comer, é na sala que ficamos juntos. Incentivo muito a criatividade dos meus meninos – meu blog é sobre Consumo de Cultura em Família, né? – e ao mesmo tempo eu tento me manter próxima deles, cuidando do que assistem, ouvem, lêem. “

Eu conto da nossa sala onde estão os interesses de todos e as coisas que gostamos de compartilhar: filmes, música, jogos, revistas, livros. Dentre várias dicas, uma que trouxe de quando morei no Japão: móveis baixos.

Passe lá e confira. E não deixe de compartilhar suas dicas também!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook