Almofadas para aconchegar a família toda

“Cheias de funcionalidades, as almofadas são muito bem vindas quando se busca aconchego e conforto na hora de ler um livro, assistir televisão, sentar-se em cadeiras mais duras como as de madeira ou metal ou simplesmente para dar um toque especial nos ambientes da sua casa.”

Na imagem superior, em tons de verde, lindas almofadas da da coleção "Curto Circuito" de Julia Fraia que vi no @casacomdesign. Abaixo um sonho de consumo: almofadas de palha de bananeira da Tok Stok. E as versões meigas com cara de casa da vovó para os cantos mais intimistas da casa.

Outro dia vi um post da @anemeira no qual ela afirmava que ama potes e citava uma amiga em comum, a @cler, e seu blog Amo canecas. Eu sou da turma da Cler, mas minhas canecas não são bem colecionáveis, são objetos de uso pelos quais vou me afeiçoando. Eis que vendo uma reportagem sobre a moda de usar almofadas diferentes na decoração eu percebi que uma coisa que eu adoro mesmo é almofada. Se pudesse compraria várias, mas, acima de tudo, faria muitas….

Sim, faria, eu gosto muito de costurar estas coisas práticas (cortina, almofada, capas, necessaires), mas não fico de olho nas novidades, me encanto com as possibilidades de cada lugar. E a matéria que eu li dizia isso: “É preciso pensar em uma maneira de inseri-las na decoração da sua casa, de um jeito que combine com o seu gosto”.

Aqui em casa o gosto do momento é usar almofadas de tecido de algodão (bem lavável, condição para quem tem crianças) e com estampas que, segundo me falou @parispaula, tem a cara de casa de jornalista: recortes de jornal, de história em quadrinhos, listras e coisas assim, no preto e branco, para não brigar com o sofá cor de chumbo (outra “opção” de quem tem criança) e o tapete vermelho queimado.

Apesar de não gostar de regras para a casa (como boa praticante de Feng Shui, creio que a regra é que seja agradável para quem mora no lugar), mas vi algumas dicas no Blog do Arquiteto que achei úteis:

  • Observe bem o ambiente que você já possui. As cores das almofadas devem estar presentes nesse espaço. Evite fazer almofadas da mesma cor do sofá. Afinal, elas precisam se destacar.
  • Para deixar a sala com um ar bem sofisticado, trabalhe com cores ou estampas de contraste. Modelos ”quase iguais” não dão bons resultados.
  • Se o sofá é estampado, procure almofadas lisas de duas ou três cores presentes na estampa.
  • Se quiser um resultado um pouco mais ousado, combine estampas entre almofadas. Para acertar na combinação escolha desenhos no mesmo tom. No caso abaixo, a combinação de listras diferentes deixou o sofá supermoderno!

E a dica da costureira: se for deixar as almofadas no chão (como os futons que uso em casa) opte por tecidos mais resistentes e de tamanho maior, deixando as menores e mais “fofas” sobre pufes e sofás. E os decoradores garantem que vale misture almofadas de diferentes tecidos, texturas e bordados de forma harmoniosa, deixando o ambiente diferenciado de forma simples.

Na foto do reporter Apu Gomes (Folhapress) dá para ver algumas das almofadas do nosso canto de leitura e bagunça

P.S. Este “arremedo de sofá” no qual eu estou na foto é uma obra de reaproveitamento minha e do Gui: os meninos ganharam camas-box e sobraram os colchões, então resolvemos comprar uma base de cama box extra, revestimos (usando tecido impermeável e grampos de estofador) e acomodamos sobre ela os colchões guardados em uma capa de tecido igual ao do sofá. Ficou um canto muito confortável! Fiquei tão orgulhosa que quase mandei para a seção de salas da @avoqueria 🙂

[update] Olhem os Doces de Almofadas e Almofadas de Cookie da @karlafaz! [/update]

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook