cidadania / destaque / empreendedorismo
brasileiros-no-afrolatino-digital-2016

(foto de Nátaly Nery)

A Universidade de Harvard e Google Brasil estão entre os organizadores do Afro Latino Digital 2016, evento que reúne nesta semana (12 a 14 de dezembro) jovens líderes de descendência africana do Brasil e da Colômbia, através de programas de “formação de formadores”, planejados para trocar conhecimentos, com foco no espaço e empoderamento social.

Os participantes neste seminário terão a oportunidade de construir novas habilidades em tecnologia e técnicas para a organização comunitária eficaz, jornalismo cidadão e segurança digital através do uso de tecnologias de código livre e aberto.

Niousha Roshani, Paulo Rogério e Nathan Freitas estão entre os principais mentores.

  • Niousha é antropóloga e especialista em desenvolvimento de jovens em contextos de violência e exclusão social. Ela completou seu doutorado em antropologia na University College London e um mestrado em Desenvolvimento Internacional pela Universidade de Cornell.
  • Paulo Rogério, fundador do Vale do Dende, uma iniciativa da marca de cidade em Salvador, Brasil. Ele é o diretor executivo do Instituto de Midia Etnica, a principal ONG Preto mídia no Brasil e editor do Correio Nagô, um blog de notícias focada na diversidade e direitos correspondentes jovens em várias favelas do Brasil.
  • Nathan Freitas é programador de Sofware desde tenra idade. Um entusiasta de tecnologia móvel sempre, sua carreira inclui trabalhos em projectos de investigação académica, dispositivos de consumo popular. Concedido pela peças de arte digital e tecnologia inovadora para o ativismo. Ele atualmente lidera o Projeto Guardião, um projeto de software de segurança móvel de código aberto. O seu trabalho como membro do Centro Berkman de Harvard-Klein centra-se sobre o controlo da legalidade e riscos acusação de utilizadores de aplicações de segurança móvel em todo o mundo.

O Afro Latino Digital um esforço de colaboração formada por uma parceria global de organizações patrocinadas pelo Google Brasil oficina instituições. Os membros do projeto também são companheiros atuais e antigos do Centro Berkman-Klein, da Universidade de Harvard.

Nosso amigo Renê Silva, do Voz da Comunidade, participará também do evento, falando sobre Mídias Digitais no painel Black Media Brasil. Vamos acompanhar!

Partiu Colômbia #ReneNaColombia

Uma foto publicada por Rene Silva (@rene_silva_rj) em

Navegando na hashtag do evento, me impressionei com os projetos interessantes que estão envolvidos, como o Centro de Estudios Afrodiaspóricos CEAF e Manos Visibles.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas