Plágio não é legal! Respeite o blogueiro

Se você tem blog tem grandes chances de ter vivido a infeliz situação de encontrar um texto ou foto sua por aí, sendo usada sem qualquer crédito, como num roubo descarado.

Guilherme e eu vivemos isso há pouco tempo, alguém “copiou” todo o padrão do nosso blog Conversas de Cozinha (da ideia do casal, ao modelo do blog e ao nome!) e só ficamos sabendo porque uma amiga, ligada nos direitos dos blogs, nos avisou. Sim, tem direitos e deveres de quem se assume como mídia (o blog é um veículo de comunicação) e tem gente do bem organizando as coisas, criando regras e doando seu tempo para promover boas práticas. Uma delas é a ABBV (Associação Brasileira de Blogs de Viagem), da qual a amiga que citei na história acima faz parte. E esta associação, que completa 2 anos agora, começou uma campanha em defesa dos blogs que faço questão de apoiar.

Plágio não é legal! Respeite o blogueiro

“Plágio não é legal! Respeite o blogueiro” é uma iniciativa que chama atenção para um problema que perturba cotidianamente os blogueiros: a cópia não autorizada do seu trabalho.

“Infelizmente é muito comum que textos fotos ou vídeos originais publicados pelos blogueiros de viagem sejam usados indevidamente por empresas, veículos da mídia tradicional e até mesmo outros blogueiros do segmento. Em vários casos, a cópia é integral. Alguns realmente não sabem que estão violando a Lei do Direito Autoral, outros fazem de má fé”, afirma Silvia Oliveira, presidente da ABBV.

A ideia da campanha “Plágio não é legal! Respeite o blogueiro” é alertar o mercado para o fato de que o conteúdo original dos blogs de viagem (textos, fotos e vídeos) está protegido pela Lei do Direito Autoral (LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998).

A Lei do Direito Autoral prevê que somente um trecho da obra original pode ser reproduzido, desde com citação da fonte e sem intuito de lucro.

“Existe a crença errônea de que “se está na internet não é de ninguém”. Isso não é verdade. No geral, um bom blogueiro investe dinheiro e tempo na produção de conteúdo original e esse trabalho precisa ser respeitado e valorizado.

O blogueiro que publica um post original em seu blog tem seus direitos autorais garantidos em lei da mesma maneira que um autor de livros, um compositor, um letrista ou um artista plástico.

Além de alertar as empresas do segmento, a campanha “Plágio não é legal! Respeite o blogueiro” visa também orientar os próprios blogueiros de viagem. A Associação reforçará junto a seus associados a distribuição de informações sobre como proceder quando tiverem seus conteúdos copiados. Ao mesmo tempo, investirá também na divulgação da Lei do Direito Autoral, ajudando os blogueiros, por exemplo, a citar corretamente o trabalho de outros colegas. Siga este trabalho no ssite e na fanpage da ABBV.

P.S. Falamos da associação no post A influência dos blogs de viagem sobre o turista brasileiro.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook