social good

20121202-090714.jpg

Na sexta-feira compartilhei uma notícia no Facebook que refletia um caso triste de descaso com um jovem que precisa de apoio permanente da sociedade.
Sua história se funde com duas datas que têm neste começo de dezembro seus dias de luta contra a invisibilidade, o Dia Mundial de Luta Contra Aids (síndrome que acometeu a mãe do jovem abandonado aos 3 meses num abrigo em Santa Catarina e cuja fragilidade o fez vítima de seqüelas incapacitantes em decorrência de uma meningite aos 3 anos) e o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência.

A grande questão que se apresenta quando vejo casos assim é a capacidade de, além de cuidarmos e atendermos estas pessoas com necessidades especiais em decorrências de fragilidades da sua saúde física e mental, percebermos que precisamos realmente incluir na agenda social (e por isso a que diz respeito a todos nós) sua capacitação para que possam viver uma vida útil e de participação plena em todos os espaços possíveis da vida.

Mas como fazer isso quando não cuidamos nem dos casos graves e jovens incapacitados são “despejados” de instituição em instituição, acabando nas ruas?

Entendo que precisamos trazer os assuntos à tona, fazendo isso que chamamos de “tirar da invisibilidade”.

Invisível, por definição, é o que se não pode ver, que é pouco acessível, que não recebe visita ou que não dá audiências. Enfim, é aquilo que se não vê. E se não vermos, como saberemos que não está bom e que precisa mudar?

20121202-090234.jpg

Desde ontem acontece em São Paulo a 3ª edição da “Virada Inclusiva – Participação Plena”, em comemoração ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência e o evento movimenta 80 cidades do Estado de São Paulo com mais de 800 atividades para pessoas com e sem deficiência.

A Virada Inclusiva é organizada em conjunto por órgãos públicos e instituições da sociedade civil, sob a coordenação da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência e conta com a participação voluntária de pessoas e grupos do mundo artístico e esportivo.

Na edição do ano passado, Juliana Amaral, uma adolescente cadeirante, contagiou a todos com uma ideia inusitada: não seria legal se tivesse tanta gente nesse evento, deficientes ou não, que desse para darmos uma volta no Lago do Ibirapuera como forma de inclusão?

O sonho de pode se realizar este ano já que todas as entidades que irão participar do evento no Parque do Ibirapuera adotaram a Campanha “Abraço no Lago”, que ocorrerá hoje, domingo, 02/12, às 16h50. A administração do Ibirapuera está construindo uma rampa para que a Juliana fique em destaque às margens do Lago.

Esperamos contar com a participação de todos para que, nesse abraço simbólico, possamos vivenciar a valorização da diversidade e a inclusão social.

Além desta atividade, os participantes poderão assistir a shows, oficinas, apresentações, mostras teatrais, exposições, partidas, gincanas e demais manifestações de arte, cultura, esporte e lazer em diversos pontos da cidade. Os locais e as atrações terão acessibilidade física e de comunicação, para que todos possam participar ou acompanhar as atividades em igualdade de condições. A programação do evento está no
hotsite.

E aí, na sua cidade ou região, como são atendidos os cidadãos que precisam de apoio para sua inclusão?

Você pode gostar também de ler:
Neste ano meu filho mais velho completa 18 anos e - geração Uber - ele
Há alguns anos, tive a honra de fazer um "tour" por uma parte do rio
(Foto da Passeata pela Paz - Capão Redondo - São Paulo,
Eu já fui migrante no Japão (como dekassegui), sou neta e bisneta de estrangeiros que
Você via mulheres grávidas, praticamente zumbis humanos, no meio de locais como a Cracolândia e
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas