bem estar

quem cuida da saude, mulher e checkup, consulta de rotina, plano de saude, saude da familia, barbie médica, paciente expert, saude conectada, sites de medicina, sites de saude, blogs de saude

Outro dia almocei com um casal amigo, ambos jornalistas, super competentes em suas áreas e cada um responsável por uma empresa de comunicação diferente. Mesmo assim, com sua independência profissional e social, era a esposa quem cuidava da alimentação do marido que fora acometido de uma virose intestinal na véspera de nosso encontro. Ela escolhia seu prato, definia bebida e, mais do que cobrar e mandar, explicava para ele por que comer isso ou aquilo. [admito que foi uma situação curiosa de ver de fora, depois de tantas vezes eu ser quem fazia isso com o Gui!]

Nestes anos de mudança no seu papel social, a mulher assumiu novas funções sociais e familiares, ganhou um companheiro no marido,  terceirizou muitas questões domésticas e educacionais, mas ainda assume a responsabilidade total no que diz respeito à saúde da família.

É raro, mesmo quando falamos com executivas mais ocupadas e “importantes” no seu nicho, ouvir que a mãe deixou o acompanhamento ao médico do filho para terceiros – isso quando ela não assume também os cuidados com seus próprios pais. E ainda é ela, nem que seja através de sua secretária, que lembra de marcar a ida dos homens da família para fazer o check-up.

Neste controle que nós mulheres fazemos, muita coisa está em jogo e temos que ter prontuários e históricos em mente. No geral, pela habilidade da mulher em lembrar de detalhes e relacionar múltiplos universos, é ela quem pode de fato responder a todas as perguntas que um médico faria sobre o paciente. Mas como comunicar isso de forma mais eficiente, sem depender de uma pessoa só? Quando eu fui morar no Japão pedi ao endocrinologista e ao gastro que escrevessem um relatório da minha condição de saúde. Na volta, grávida, trouxe também um relatório para o obstetra. Ao mudar para Sampa, novo pedido, a pediatra dos meninos preparou um histórico deles para apresenta-los ao novo médico. Foi meu jeito de desvincular da minha memória a condição de saúde da família. Funciona, mas anualmente, conforme a idade passa, noto que há novas demandas e que minha tarefa de tornar a família independente se amplia.

Ao mesmo tempo, felizmente, meu tempo hábil para controlar tudo se reduz. E aí? Tenho usado e abusado de novidades que eu conheço no site Saúde Conectada, que, mais do que dicas de saúde, me traz o alento de ver que há um avanço no Brasil no sentido de incorporar recursos de TI (tecnologia da informação) para o sistema de saúde brasileiro que, integrado, promoverá o benefício de todos. Conheci este trabalho há um bom tempo – em dois eventos que debatiam o paciente expert dos quais participei em 2008 e 2009 – e desde então mudei meu conceito e minhas prioridades sobre um bom serviço de saúde. Para ser de fato bom, ele deve nos ver como um todo, guardar nossas informações e, acima de tudo, conceder acesso ao nosso histórico.

😉

P.S. Abaixo tem um vídeo com depoimento meu sobre o prontuário eletrônico, gravado após um dos eventos do Saúde Conectada, em maio de 2009.

P.S. Para quem quiser continuar no tema: Mulheres são responsáveis por 66% do consumo nacional e decidem também por planos de saúde

Você pode gostar também de ler:
Este post foi um dos grandes sucessos do Mãe com filhos por muitos meses e
Há alguns anos, meu marido e eu temos alterado, alimento por alimento, bebida a bebida,
O feriado de carnaval nem acabou direito e minha timeline ficou lotada de avisos sobre
No Oriente, onde morei e de onde vieram meus ancestrais, a língua é muito observada
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas