“A meritocracia não pode ser medida apenas pelo resultado econômico”

20110626-174938.jpg

A meritocracia não pode ser medida apenas pelo resultado econômico“, afirma Vera Zaverucha, nova nomeada da ministra da Cultura na Ancine… Qual será a boa medida para decidir quem merece apoio do Fundo Setorial do Audiovisual?

Zaverucha sugere que pesquisas de mercado ajudem a definir quais produções realmente merecem o apoio da Ancine, a Agência Reguladora do Cinema, órgão do Governo Federal que tem como proposta “fomentar, regular e fiscalizar a indústria fonográfica e videográfica nacional”.

A questão, para os consumidores de cultura como nós, é saber se a nova fase da gestão do Fundo Setorial do Audiovisual, gerido pela Ancine e ainda o grande agente de fomento ao setor, levará às telas as produções que queremos ver.

Concordo que “é necessário que existam linhas para todos os tipos de cinema, do comercial ao autoral“, mas eu gostaria de me sentir representada, tanto como consumidora quanto como cidadã.

E você, tem acompanhado este setor? Quais produções gostaria de ver apoiadas pelo fundo do “nosso” governo?

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook