A história do slogan Keep Calm and Carry On

Claro que você já viu muitas paródias deste famoso cartaz – e talvez já esteja até cansado de ver repetições delas, pois viraram uma febre na internet. Mas poucos de nós conhece a história real por trás da frase motivacional que surgiu na Inglaterra durante a Segunda Guerra Mundial.

Fui atrás da história para contar aqui quando divulguei uma das releituras da mensagem no Facebook e alguns e colegas compartilharam um papo com o simpático vídeo (que incorporo abaixo), feito por Temujin Doran, sobre o ” Keep Calm and Carry On”.
Gostei muito!

Pelo que levantei não tem “dono”, a ideia é governamental, mas com uma mensagem franca e direta, que nos incita a continuar, Calm and Carry On (“Tenha calma e siga em frente“, em tradução livre) ressurgiu na virada do milênio, em 2000, quando uma cópia do cartaz foi redescoberta na Barter Books, um sebo na cidade de Alnwick, na Inglaterra.

Como não tem um “pai” (ou mãe), a criação, feita em pequena escala nos idos de 1939 para o caso dos nazistas tomarem o país, passou a ser de domínio público e daí a velocidade com que tem sido reproduzida por várias empresas e utilizada como tema decorativo para diferentes produtos.

E se você gosta de história, tem uma versão dela aqui. E para quem prefere os aplicativos, tem um para iPhone. Com ele (ou suas variações, são muitas na App Store) é possível criar vários “Keep Calm”!

20120615-114734.jpg

Posts relacionados

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook