cidadania

Hoje os paulistas comemoram mais um aniversário da Revolução Constitucionalista de 1932 e nesta semana teve um especial no blog São Paulo Abandonada & Antiga, com uma série reportagens e entrevistas especialmente dedicados ao 9 de julho. A estreia teve artigo da historiadora Glaucia Garcia de Carvalho com o tema: 1932 – A Arte da Revolução nos Cemitérios Paulistas.

Você lembra deste momento histórico?

Como se vê na imagem histórica, houve grandes comícios e passeatas, sendo a reação popular marcada na data de 23 de maio de 1932 com o rompimento oficial dos pauslitas ao Governo Provisório. Um dos eventos marcantes é a morte de 4 estudantes secundaristas que deu origem a um movimento de oposição que ficou conhecido como MMDC – aqui na Mooca este caso é lembrado com detalhes e uma das principais escolas públicas do bairro tem a sigla como nome.

O dia 9 de julho, que marca o início da Revolução de 1932, é a data cívica mais importante do estado de São Paulo e feriado estadual. Os paulistas consideram a Revolução de 1932 como sendo o maior movimento cívico de sua história.

A Revolução Constitucionalista de 1932, Revolução de 1932 ou Guerra Paulista, foi o movimento armado ocorrido no Estado de São Paulo, entre os meses de julho e outubro de 1932, que tinha por objetivo a derrubada do Governo Provisório de Getúlio Vargas e a promulgação de uma nova constituição para o Brasil.
Foi a primeira grande revolta contra o governo de Getúlio Vargas e o último grande conflito armado ocorrido no Brasil.
No total, foram 87 dias de combates, (de 9 de julho a 4 de outubro de 1932 – sendo o último dois dias depois da rendição paulista), com um saldo oficial de 934 mortos, embora estimativas, não oficiais, reportem até 2200 mortos, sendo que numerosas cidades do interior do estado de São Paulo sofreram danos devido aos combates.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas