cultura web / empreendedorismo

Hoje, numa comunidade do Facebook (Jornalistas Digitais), li a notícia do lançamento do manual de comunicação para faculdades de Jornalismo. A proposta do Facebook + Jornalism 101 (desenvolvido por Vadin Lavrusik, coordenador do programa de jornalismo no Facebook) não me surpreendeu por orientar meus jovens colegas de profissão. A surpresa foi perceber uma nítida preocupação de orientar os educadores responsáveis pela formação dos futuros jornalistas curtam o seu conteúdo e usem-no como ferramenta de ensino.

Percebem?

Planos de Pinky e Cérebro à parte, o material é bom, trata dos assuntos jornalísticos (como encontrar ideias e sugestões de pauta, rastrear tendências, encontrar fontes e publicar desdobramentos de notícias em tempo real utilizando o Facebook) e dicas 2.0 (tornar o conteúdo publicado na web atraente, além de ajudar os alunos a criarem, desenvolver e melhorar sua marca pessoal na rede).

E neste ponto está o que achei interessante compartilhar, dicas práticas com 4 maneiras de começar a usar o Facebook, começando com as diferenças do perfil e da página.

  1. Configure uma página para você: Uma página concede a você uma maneira de manter uma presença profissional no Facebook enquanto mantém seu perfil pessoal separado e se conecta aos leitores onde eles já estão.
  2. Publique seus artigos em sua página: Sua página do Facebook pode servir como mais um canal de notícias, no qual você pode publicar suas observações de campo, notas sobre o processo de reportagem e artigos.
  3. Envolva seus fãs: Faça perguntas, solicite comentários e reúna observações relacionadas à sua cobertura
  4. Vincule sua página com seu dispositivo móvel: Acesse e adicione conteúdo à sua página a partir de qualquer lugar usando o endereço de e-mail único da página que permite enviar fotos diretamente para o mural. (Para encontrar seu endereço de e-mail único, clique em “Editar página” no canto superior direito e selecione “Celular” no menu à esquerda.)

Ainda não se convenceu? Eles listam os benefícios da página em relação ao perfil:

  • Distribuição direta nos Feeds de notícias de seus leitores e dos amigos deles
  • Diálogo de duas vias com seus leitores
  • Uma maneira fácil de seus leitores se conectaram a você sem a necessidade de aprovação
  • Sua página será exibida nos resultados de busca quando os leitores procurarem por você
  • Conexões ilimitadas: enquanto o número máximo de amigos de um perfil é de 5.000, você pode ter uma quantidade ilimitada de conexões em sua página

E para completar, vale lembrar: segundo regra da rede social, as marcas devem ter fanpage, quem tem perfil é pessoa, como explicamos no post “Fanpages e Perfis no Facebook – onde as marcas devem estar?“.

Você pode gostar também de ler:
Desde que fiz meu primeiro detox digital, num verão há alguns anos, eu tenho descoberto
Eu vi nascer o Fórum Cristão de Profissionais. Estava no culto num domingo em que
vait_mcright / Pixabay Sempre acreditei na vida junto. Nada do que
“Cada sonho que você deixa para trás é um pedaço do seu futuro que deixa
Participei do COLab, o Laboratório de Convergência Audiovisual, que reuniu na Unibes Cultural interessados na
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas