bem estar / mãe

Aplicativo para grávidas, aplicativos para gestação, como saber como vai à gestação, acompanhando a gestação, dicas para grávidas, dicas para gestação, cuidados na gestação, cada filho tem uma gestação diferente, porque fico tão cansada na gravidez, porque fico tão cansada na gestação, porque a gestação deixa tão cansada, câimbras na gestação, chá na gestação, nutrição na gestação, app para gestação,

Segundo o aplicativo Pregnancy, com 32 semanas de gestação Manu tem esta aparência. Cinco sentidos funcionando e faltando pouco para ser independente do cordão umbilical. As medidas para esta fase são, em média, 42,4 cm e 1,702 kg. Já não dá mais para dizer que tenho uma “barriguinha”, está um barrigão mesmo! E respondendo aos amigos queridos que têm perguntado, a previsão do parto é para final de abril. Em visita ao médico na mesma semana vi que o tamanho da minha gordinha é um pouco diferente: menos centímetros e mais gramas, mas a saúde e a mobilidade estão dentro da curva esperada de crescimento.

Esta fase é super importante para mim porque na minha segunda gestação eu entrei em trabalho de parto prematuro exatamente nesta semana. Como no primeiro eu não tinha sentido nada – nem contração, nem cólica, sem falar que nada de dilatação – e por isso fizemos uma “cesárea de emergência” quando passou bem das 40 semanas, eu não sabia reconhecer os sinais de parto. Como pode né?

Pode, cada filho é um e cada gestação é diferente.

Mas algumas coisas seguem um padrão. Nesta fase, embora os pulmões ainda estejam imaturos – são dos últimos órgãos do bebê a amadurecer – sabe-se que com 32 semanas o bebê começa a se virar e geralmente fica na posição para o parto normal (de cabeça para baixo), o que pode causar dores estranhas, mas normais. A quantidade de líquido amniótico no útero é de cerca de um litro e meio, o que torna mais ou menos fácil a tarefa de mudar de posição de cabeça para cima para cabeça para baixo. Segundo li, nas próximas 8 semanas a quantidade de líquido diminuirá conforme o seu crescimento.

E esta é a fase em que o jeito é começar a repousar, descanso é a palavra que a gente mais ouve do médico, da mãe, da sogra, de todo mundo à nossa volta. E olha, como dá vontade de deitar. Fico feliz porque desta vez tem smartphones e tablets para me distrair quando sinto que preciso deitar, permitindo que eu continue intelectualmente ativa, ainda que fisicamente em repouso.

O cansaço tem explicação: conforme a barriga cresce (e nesta fase cresce mesmo, a olhos vistos) e a gente sente os pés do bebê chutando as suas costelas. A Manuela adora chutar a costela esquerda, o irmão chutava a direta… apesar da sensação ser estranha no começo, confesso, depois dá até saudade. Fico trabalhando e sentindo os batuques dela comigo!

Outra coisa que tenho sentido muito e sei que faz parte da fase gestacional são as câimbras e as dores nas articulações, resultado da pressão que o centro de gravidade do corpo exerce sobre as outras áreas. A indicação, adivinhe? Descanso!

🙂

P.S. Uma das novidades para mim nesta gestação é sentir, ainda que com pouca frequência, azia. As sugestões para melhorar é evitar “café preto em jejum, chá preto e mate, evitar frutas ácidas e vinagre dar preferência para chá de camomila, erva-doce, erva-cidreira, chá de frutas, excesso de açúcar, doces e gorduras, temperos picantes, evitar deitar logo após as refeições”. Difícil é controlar a vontade de deitar e de comer doces que temos nesta fase, mas tudo bem! Para mim, uma das piores coisas é, pasmem!, comer pão francês fresquinho, aquele recém-saído do forno! E como indicam fibras para ajudar no intestino (outro que fica preguiçoso nesta fase), sigo nos pães integrais! Aliás, estou numa dieta especial feita pela nutricionista Karine Durães e prometo voltar aqui para contar!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas