25 anos de Tom Cruise

Há quem não goste dele, quem adore, quem ache um pirado por conta da Cientologia. Normal, totalmente normal eu acho que ninguém é. Assistindo nesta semana ao programa da Oprah que homenageava os 25anos de carreira do Tom Cruise eu conclui que não dava para ele ser normal tendo começado relativamente cedo e com tanto sucesso. Mas o cara tentou. Depois do sucesso de Ases Indomáveis – que eu não vi no cinema, mas lembro da trilha sonora que tocava nas festinhas de garagem do meu tempo de ginásio- ele fez Rain Man e Nascido em 4 de julho. Vendo a cronologia da carreira dele, até mudei um pouco de opinião! E eu adorei Jerry Maguire e A Firma, dois filmes que não canso de ver reprises na TV a cabo (o AXN tem passado sempre) e sou fã mesmo dos Missão Impossível, porque o seriado era um dos favoritos na minha infância. Pode ser uma furada só mas eu gosto, fazer o que?

Revendo tudo, me diverti com a reação dele às situações no programa (algumas – poucas – saias justas aconteceram) e principalmente fiquei lembrando com o Gui o que acontecia com nossas vidas pessoais na época de cada filme. Já parou para pensar nisso? É parar e entrar (lá no site do programa tem uma visão geral dos filmes ou uma lista aqui) numa sessão nostalgia gostosa! 😉

(Você se assustou que ele já tenha tudo isso de carreira? Não é que você esteja meio velho porque se lembra dos primeiros filmes, ele que parece conservado em formol mesmo! hauahuahua)

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook