cidadania

[São Paulo] 23 de Maio vista do Viaduto da Beneficência Portuguesa

Quando vínhamos para São Paulo de Curitiba a passeio, sempre chegávamos de carro, via BR 116, pela Rebouças, Consolação, 23 de maio e eu tinha curiosidade com duas coisas: o que era aquele prédio interessante à beira da 23 (o Centro Cultural São Paulo) e porque aquela avenida tão importante era dedicada a esta data, que eu não sabia o que homenageava. Anos se passaram e eu não tinha ainda pesquisado, mas hoje, dia 23 de maio, resolvi fazer a lição de casa.

O nome relembra o dia em que quatro estudantes, dois da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo e dois da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo (MMDC), foram vítimas marcantes da Revolução de 1932 e tombaram num conflito .

Para quem não conhece São Paulo, a avenida Vinte e Três de Maio é uma das mais movimentadas da cidade, representando o principal corredor de ligação dos bairros da subprefeitura da Vila Mariana à região central da cidade e faz parte do Corredor Norte-Sul. Como outras ruas da capital, foi construída sobre um córrego (o antigo córrego Itororó) canalizado. O interessante é que ela consiste numa via expressa em sua totalidade: não é endereço de nenhum estabelecimento residencial ou comercial e tem barreiras de contenção em suas margens.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas