#100coisas Organizar um encontro pra reunir a família – mas quem podemos chamar de família?

20120625-171004.jpg

Uma das coisas que mais nos faz falta por morarmos em São Paulo é a família. Moramos longe de todos, avós, tios, primos… a maior parte está em Curitiba e, admito, a parte mais querida no Rio de Janeiro, pois é onde mora a família da minha irmã caçula, Tiffany. O querida nem é porque amamos mais uns do que outros, mas porque a Ti é uma das pessoas mais doces e atenciosas que eu conheço, além de ser excelente anfitriã e generosa companhia.

Daí que, ao receber como desafio das 100 coisas para fazer com as crianças antes que eles cresçam a proposta de “organizar um encontro pra reunir a família”, pensei na hora em como seria lindo se nós morássemos mais perto uma da outra. Quantos encontros deliciosos faríamos não só com a família, para que os primos e os tios pudessem conviver, mas também para reunir os amigos, que, afinal, são nossa família estendida!

Na semana passada eu estive na casa da minha irmã porque tinha compromissos de trabalho no Rio e aproveitei para vê-los por uns dias. Meu sobrinho, de 4 anos, ficou decepcionado porque eu cheguei sem os primos grandes de quem ele tanto gosta. Meus filhos igualmente reclamavam porque as provas da escola não deixaram que me acompanhassem. Começamos a semana com todas as crianças combinando encontros em família e ao mesmo tempo com muitos telefonemas com mil acordos para os primeiros dias de férias de julho que serão em Curitiba, para comemorar (atrasado) os aniversários de 70 anos da minha sogra e do meu pai

Mas não pensem que deixamos de lado o desafio! Já que os encontros com a família de sangue ficariam para depois, almoçamos com a família de um grande amigo e tivemos aquele domingo de vó! Odete e Cido, pais de um dos nossos melhores amigos em Sampa (daqueles que ligam no aniversário mesmo que estejam no exterior, sabem?), fizeram um almoço delicioso para nos receber e acabamos conhecendo também a sua “família estendida”, aqueles amigos que são “de casa” desde que eles se casaram, nos anos 1980.

Ao vê-los por lá, rodeados de amigos queridos que se portam como família, eu fiquei pensando que, como eles, que deixaram as famílias no Espírito Santo e no Paraná, mas formaram novos laços por aqui que fazem a vida mais leve e mais terna, eu e minha irmã que moramos longe uma da outra e distantes dos pais e outros irmãos também estamos ampliando nossas famílias, sem deixar de manter a ligação afetiva com quem nasceu e cresceu conosco.

Se, por acaso, meus meninos também ganharem o mundo e forem morar longe de mim (coisa que, no fundo, não quero de jeito nenhum, né?! Quero-os aqui, debaixo da minha asa pra sempre!), estou certa de que eles saberão dar valor aos amigos, a formar laços novos e fortes com sua família estendida e a conviver com alegria com todos, os parentes de sangue e os do coração, numa realidade que aqueça seus corações e torne a vida mais leve.

P.S. De fato começamos julho com os avós em Curitiba, brincando com as primas e visitando a bisavó. E de hoje até o dia 15/07 estaremos em férias, mas o blog continua ativo, com textos novos programados para todos os dias! Beijos e bom mês de julho!

Royal e AVidaQuer 100 coisas para fazer com seus filhos antes que eles cresçam

Post da série na qual, por 20 semanas, brincaremos fazendo atividades propostas com o mote “100 coisas para fazer com seu filho antes que ele cresça“.
Acompanhe a série no @avidaquer @blogcoisademae @dica_de_mae @pontecialtweet @RoLippi e @cozinhapequena e na fanpage da Gelatina Royal que nos convidou para brincar!

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook