10 Mandamentos contra a pressão alta

“Ao todo, 23% dos brasileiros têm pressão alta, de acordo com o Ministério da Saúde. A doença silenciosa pode causar muitas complicações e até matar.”

Menos pressão, familia saudáveis,

Recebi um material interessante e extremamente útil no Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão. Costumamos pensar em cuidados com a pressão considerando as pessoas mais velhas da família e as mulheres (não é verdade?), mas na verdade os cuidados com relação à pressão devem nos acompanhar durante toda a vida e por isso gostei de ver o foco nas famílias.

“A Campanha 2012, idealizada pela Sociedade Brasileira de Hipertensão, tem como tema a Família Menos Pressão, inspirada nas Famílias Felizes que têm estampado muitos carros pelo Brasil. A ideia é incentivar a prática de hábitos familiares saudáveis, lembrando que a família tem grande influência no estilo de vida do ser humano e ressaltar a importância e os benefícios do convívio familiar.”

Com claro convite à prática de exercícios ligada à descontração e alegria, realizando atividades em conjunto e fazendo refeições saudáveis juntos, como não se identificar com esta família feliz? Seguindo esta linha, a campanha sugere algumas atividades para praticarmos juntos, relembrando (ou esclarecendo, para quem não sabia) dos benefícios de cada uma:

  • Andar de bicicleta: faz bem para a saúde cardiovascular e permite visitar lugares novos e agradáveis.
  • Jogar bola: diminui o estresse e libera endorfina (o hormônio do bem-estar) e promove coordenação estimulando uma competição saudável.
  • Nadar: a natação é um dos mais completos exercícios físicos e melhora a capacidade respiratória.
  • Correr: a corrida reúne e agrega, ressaltando a importância do planejamento e da perseverança.

A ideia é reforçar os principais aliados da boa saúde que, consequentemente, garantirão uma pressão arterial estável, fugindo da famosa “pressão alta“.

“Pressão alta é uma doença “democrática”. Ataca homens e mulheres, brancos e negros, ricos e pobres, idosos e crianças, gordos e magros, pessoas calmas e nervosas. A Hipertensão é muito comum, acomete uma em cada quatro pessoas adultas. Assim, estima-se que atinga em torno de, no mínimo, 25 % da população brasileira adulta, chegando a mais de 50% após os 60 anos e está presente em 5% das crianças e adolescentes no Brasil. É responsável por 40% dos infartos, 80% dos derrames e 25% dos casos de insuficiência renal terminal. As graves conseqüências da pressão alta podem ser evitadas, desde que os hipertensos conheçam sua condição e mantenham-se em tratamento com adequado controle da pressão.”

A atividade física é apenas um dos três pontos para uma vida saudável e junto com a escolha de alimentos saudáveis e o cuidado com o peso pode garantir inclusive que a pressão arterial fique mais estável, mesmo (e especialmente) para quem já tem esta condição de saúde como “ponto fraco” da família.

A hipertensão arterial essencial não tem cura, mas deve ser tratada para impedir complicações.

Na maioria das vezes não conseguimos saber com precisão a causa da hipertensão arterial, mas sabemos que muitos fatores podem ser responsáveis. A hereditariedade é um dos fatores externos que podem predispor à hipertensão, portanto, se tiver hipertensos na sua família, vale a pena ficar de olho.  Fatores como idade (o envelhecimento aumenta o risco em ambos os sexos), etnia (pesquisas médicas demonstram que negros são mais propensas à pressão alta, mas num país como o nosso, de grande miscigenação, vale a pena observar em conjunto todos os fatores). E o peso é um dos fatores principais, pois a obesidade é um fator de risco. Mantenha um peso saudável  que pode ser mantido com uma medida simples: a da circunferência abdominal (cintura), que no homem não deve ultrapassar 102 cm e na mulher 88 cm.

E os fatores externos devem ser observados com atenção também pois podem pesar ainda mais do que a predisposição natural. Portanto se você é sedentário, se alimenta mal, abusa do álcool ou fuma, tem uma vida estressada, pode ter elevações preocupantes de pressão e vale investigar como anda isso no dia a dia.

Para terminar esta conversa sobre pressão, uma lista simpática:

10 Mandamentos contra a pressão alta

  1. Meça a pressão pelo menos uma vez por ano.

  2. Pratique atividades físicas todos os dias.

  3. Mantenha o peso ideal, evite a obesidade.

  4. Adote alimentação saudável: pouco sal, sem frituras e mais frutas, verduras e legumes.

  5. Reduza o consumo de álcool. Se possível, não beba.

  6. Abandone o cigarro.

  7. Nunca pare o tratamento, é para a vida toda.

  8. Siga as orientações do seu médico ou profissional da saúde.

  9. Evite o estresse. Tenha tempo para a família, os amigos e o lazer.

  10. Ame e seja amado.

P.S. Postei também sobre o tema no Conversas de Cozinha, com dicas de alimentação para hipertensos (e para evitar que nos tenhamos problemas de pressão alta). Fica aqui o convite para lerem o post de lá também. E como falei lá, conheça também a campanha Família Menos Pressão da Sociedade Brasileira de Hipertensão e as dicas do Kit Digital.

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook