cidadania
[update em 22/07/2010 às 22h21] Recebi o seguinte comunicado da assessoria do debate:

1º Debate On-line é cancelado
Decisão ocorre após Serra declinar da participação previamente confirmada
Os portais iG, MSN, Terra e Yahoo! decidiram na noite desta quinta-feira cancelar a realização do 1º debate On-Line Presidenciáveis 2010, que seria realizado na próxima segunda-feira, dia 26 de Julho, às 15 horas.
A candidata Dilma recusou oficialmente o convite na terça-feira e hoje, no início da noite, depois de ter confirmado presença formalmente, a coordenação de comunicação da campanha do candidato Serra informou à organização do evento de que ele não participaria mais por problema de agenda. A candidata Marina Silva havia confirmado sua presença.


[/update]

A proposta central do projeto é oferecer aos cidadãos brasileiros o acesso facilitado e direto às propostas dos atuais candidatos à Presidência da República. Este é o primeiro debate do período eleitoral de 2010 e também o primeiro confronto de ideias entre presidenciáveis realizado pela internet brasileira. Além disso, o projeto também explora um ambiente altamente interativo para aproximar a população das questões políticas e ressaltar a necessidade de participação popular.

Informações estão também aqui:

@miltonjung #debateonline cancelado. Ñ acredite qdo o candidato disser que debate é importante para a democracia http://bit.ly/dj7E1m
@silva_marina Por que @joseserra_ e @dilmabr não querem debater? http://migre.me/Zkkp
[IG] Candidato José Serra desiste do primeiro debate na internet http://ht.ly/2fysK
[MSN] Debate online cancelado http://ht.ly/2fyuH
[Yahoo!] Sobre o cancelamento http://ht.ly/2fyx4

Na segunda-feira, 26/07 acontece o primeiro debate eleitoral totalmente online do Brasil, que, como tem sido frequente, acontece antes na internet – os outros debates acontecem só depois nas mídias como TV e rádio. Fui convidada a participar presencialmente do encontro e não posso deixar de registrar aqui alguns detalhes para que todos os interessados se façam presentes – ainda que via web.

O 1º Debate On-line Presidenciáveis 2010 é uma iniciativa dos portais iG, MSN, Terra e Yahoo!, que funcionam 100% na internet, ou seja, não têm ligação com nenhuma outra mídia. Como a transmissão será feita simultaneamente pelos quatro portais espera-se atingir aproximadamente 23 milhões de pessoas, segundo dados do IBOPE NetRatings.

E qual o diferencial de fato? Ao contrário dos debates tradicionais, o #debateonline tem como foco principal o usuário de internet, com canal aberto no Twitter @debateonlinebr para o envio de perguntas, que, prometem os organizadores, serão direcionadas aos presidenciáveis.

Os candidatos escolhidos foram aqueles que possuem mais de cinco pontos percentuais na pesquisa realizada pelo Ibope no mês de julho. Eles ficarão frente a frente com o eleitor via internet por 90 minutos, das 15h às 16h30, em quatro blocos:

  1. candidatos fazendo perguntas entre si sobre temas sugeridos pelos internautas
  2. questionamentos realizados pelos internautas previamente ao debate e selecionados pelos organizadores serão apresentados
  3. jornalistas dos portais indagam os candidatos
  4. perguntas enviadas pelos usuários no Twitter durante o debate serão direcionadas aos presidenciáveis

Todas as informações sobre as regras e a estrutura do debate estão disponíveis aqui. E você pode participar enviando suas perguntas pelos sites dos portai iG, MSN, Terra e Yahoo! até o dia 23 de julho de 2010, ou durante o evento via Facebook no perfil Debate Online 2010 ou pelo Twitter no perfil @debateonlinebr. E se não é usuário do Facebook ou do Twitter, tudo bem, pode enviar suas perguntas pelos portais iG, MSN, Terra e Yahoo!, conforme iniciativa de cada um dos portais a ser divulgada durante os dias que antecedem o evento.

Se você quer saber como andam as menções aos candidatos à sucessão Presidencial neste mês, a Social Branding está divulgando estatísticas.

P.S. A política foi um dos temas debatidos na semana passada no Rio de Janeiro na edição de 2010 do InterACT. Segundo li no Nós da Comunicação, no evento Marcelo Coutinho, professor de pós-graduação da Fundação Getulio Vargas de São Paulo, afirmou que na política, os candidatos também correm esse riscos iguais aos das empresas nas redes sociais.  “As campanhas negativas na web que denigrem a imagem dos políticos são possíveis, pois no mundo virtual o anonimato dos usuários é permitido”, criticou Coutinho em sua palestra ‘Marketing político em tempos de redes sociais na internet’. Para ele, empresas responsáveis pelos servidores e o governo deveriam unir forças para regulamentar estas questões.

Post relacionado: As eleições do Twitter já começaram

Você pode gostar também de ler:
The following two tabs change content below.
Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena. Um breve resumo: cristã, jornalista, netweaver na otagai.com.br, blogueira no @avidaquer @maecomfilhos @cosmethica.

Comentários no Facebook

SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline Estatísticas